segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Capítulo 23 - "Going Away"

Louis decidiu fazer as honras, e dirigiu-se até à porta. Ao abri-la reparou imediatamente que era Harry.


Louis (em tom de gozo): Tu aqui? A esta hora? Que coisa mais esquisita…
Harry: Nem venhas… Mas olha falas de mim, mas estou a ver que a noite foi animada…


Sara, que entretanto ainda na cozinha, estava a lavar a loiça do pequeno-almoço. Quando acabou, decidiu ir até ao quarto, mas as suas ideias foram completamente mudadas porque quando ia a passar pela porta, reparou imediatamente em Harry.


Sara: Amor!
Harry (seguindo até Sara com a intenção de a beijar): Olá princesa!
Louis: Ah o amor… É lindo!
Bruna (do sofá ouvia a conversa toda): Anda cá! Eu também te posso dar miminhos se quiseres!
Louis (dirigindo-se até ao sofá): É para já!


Entretanto, Sara e Harry, começaram por falar. Harry não vinha lá com grande cara, pelo que Sara reparou imediatamente.


Sara: Que se passa?
Harry: Precisamos de falar…
Sara (perguntou preocupada): Mas é alguma coisa que eu fiz? 
Harry: Não… Mas prefiro ir falar para outro lado…
Sara: Estás me a deixar preocupada… Vou buscar a minha mala espera.


Sara, subiu até ao quarto, pegou nas chaves, no telemóvel e na carteira, colocou-os numa mala, e desceu novamente as escadas.


Sara: Já podemos ir…
Harry: Podemos ir para a praia?
Sara: Claro, onde quiseres!
Harry: Boa…
Sara (enquanto saiam de casa e Sara fechava a porta): O que é que se passa? Diz-me…
Harry: Quando chegarmos vês.
Sara: Okay…


Pelo caminho não disseram uma única palavra. Sara só pensava que Harry acabaria com ela… Mas estava tão curiosa que ao desceram os primeiros degraus da escadaria da praia, esta não se conteve. Puxou-o de maneira a que este ficasse de frente para ela.


Sara: Vais acabar comigo? Por favor diz-me! 
Harry: Não! Nada disso! Mas… 
Sara: Mas?
Harry: O que eu te tenho para dizer é muito… Mau. Vais ser a primeira a saber, e eu não sei como vais reagir…
Sara: Conta…
Harry: Okay… É assim, o meu pai como sabes, é muito viajado, e ele estava a preparar um novo projecto, e foi apresentá-lo há uma semana, mais ou menos, a França, e estava à espera de uma resposta e…
Sara (não deixando Harry dizer mais nada): Vais te mudar? – Disse com uma lágrima no canto do olho.
Harry: Sim… Mas isso não implica acabarmos, ou implica? – Disse com um ar tristonho.


Sara, não disse uma única palavra, rolavam apenas pela sua face lágrimas soltas, umas atrás de outras. Harry, ao ver a namorada assim, decidiu abraçá-la.


Harry (enquanto sussurrava ao ouvido de Sara): Eu não vou deixar de te amar por causa disso… Eu amo-te e nada vai mudar…
Sara (enquanto chorava): Mas vais estar a kilómetros de distância de mim… E quando é que eu te vou ver? Não quero que vás! Por favor… 
Harry: Eu também não quero ir, mas eu não posso deixar o meu pai perder esta oportunidade…


Harry agarrou na mão de Sara e foi até à beira da água.


Sara (entre soluços): Vais quando?
Harry: Provavelmente, na próxima semana…
Sara: Ao menos ainda tenho tempo para me despedir…
Harry: Vem comigo…
Sara: Se eu pudesse, eu dizia-te já que sim, mas eu sei que não posso…
Harry: Quem me dera que eu te pudesse levar comigo… Fisicamente, porque mentalmente vais estar sempre comigo…


Sara e Harry acabaram por se sentar na areia e ficaram os dois agarradinhos um ao outro, na esperança de gastarem os seus últimos momentos juntos o melhor que podiam. Ao fim do dia, Harry levou Sara até casa, mas acabou por ficar lá para jantar, com Bruna, Sara e Louis. Durante o jantar, Sara quase se esquecera de que estava prestes a deixar escapar o seu futuro por entre as mãos.




Não é um dos capítulos mais felizes da história 
e a intenção não é de todo despachar o Harry, 
nem a Sara, mas a inspiração às vezes tem destes dias. 
Mesmo assim espero que tenham gostado e em breve 
cá estaremos com mais capítulos para vocês. Beijinho! c:
xx.

Sem comentários:

Enviar um comentário