quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Capítulo 24 - "És importante..."

No dia seguinte, estava uma bela manhã de sábado e no relógio já batia para as oito, e todos continuavam a dormir... menos Sara que se levantara cedo para fazer as suas corridas matinais de sempre. Sara enquanto corria em volta dos quarteirões do bairro, sentia-se frustrada e triste e não conseguia esquecer o facto de Harry ter que ir embora. Pequenas lágrimas que não conseguia evitar, rolavam-lhe pela cara abaixo e o seu "mau" humor naquele dia, não deixava de ser óbvio. Olhou para o relógio e já fazia uma hora que tivera a correr (é claro que teve paragens) e por isso decidiu voltar para casa.
Louis e Bruna por outro lado, dormiam aconchegados e abraçados um ao outro e o que menos lhes apetecia naquele momento era... levantarem-se!


Louis - (a falar baixinho) Pumpkin... estás acordada?
Bruna - (meio sonolenta) Agora sim. Pumpkin?!
Louis - (a rir-se) Sim amor, não gostas?
Bruna - (vira-se para ele) Claro que gosto! Então eu posso te chamar Boo Bear?
Louis - Nãooo! Isso é embaraçoso... como é que sabes disso?
Bruna - (respondeu carinhosamente) Não é nada, é fofo como tu! Foi a Rita que me contou.
Louis - A minha irmã vai paga-las... mas pronto eu deixo que me chames isso. Mas só porque és a minha menina!
Bruna - (soltou uma gargalhada) É justo, é justo. Mas bem, hoje vamos fazer o que?
Louis - Hum, vamos ficar... deitados!
Bruna - Boa ideia... mas em vez disso podemos ir passear.
Louis - (dando-lhe beijinhos) Pode ser, assim passo mais tempo com a minha pumpkin!
Bruna - (retribuindo) E eu com o meu boo bear!
Louis - (riem-se os dois) Awwn, és linda! 
Bruna - (acaricia-lhe a bochecha e beija-o) Tu também!
Louis - Vamos tomar duche?
Bruna - Sim e desta vez pode ser juntos, só para te fazer a vontade.
Louis - (agarrou-a ao colo e levou-a para a casa de banho) Gosto disso!


Louis e Bruna foram para a casa de banho, tomaram duche (e nada mais do que isso!) e vestiram-se. Desceram para tomar o pequeno-almoço, que fora panquecas e sumo... depois disso foram para a piscina e sentaram-se juntos numa espreguiçadeira.
Sara chegou, pouco tempo depois, e foi em direcção ao quarto para se mudar. Vestiu uns calções, um crop top e uns vans pretos, desceu e foi até a cozinha quando de repente ouviu a música "Same Mistakes" (a música dela e do Harry) a vir do seu telemóvel e foi atender.


- CHAMADA ON #


Harry - 'Tô, amor?
Sara - Harry... olá amor.
Harry - Olha posso ir ter contigo?
Sara - Claro... podes!
Harry - Então, até já.
Sara - Harry...
Harry - Sim?
Sara - Nada, nada... eu digo-te quando chegares.
Harry - Ok... até já.
Sara - Até já.


- CHAMADA OFF #

Passado 5 minutos, tocaram a campainha e Sara foi abrir.


Sara - (abraça-o com força) Amor! Olá...
Harry - (perguntou preocupado) Olá... que tens, amor?
Sara - (quase a chorar) Nada, só queria me verificar que ainda não te tinha perdido...
Harry - Oh Sara... - Encostou-a ao peito - Tu não me perdeste e nunca vais perder!
Sara - Mas tu vais-te embora, Harry! Eu não me vejo a viver sem ti!
Harry - Eu sei e eu também não... mas não posso fazer nada!
Sara - Podes! Não vás! Por favor!
Harry - Compreende, Sara! Eu não posso fazer isso ao meu pai!
Sara - (de cabeça quente) Mas a mim já não te importas!
Harry - Não acredito no que disseste... não tens razão para dizer isso!


Harry virou costas, saiu porta fora e deixou Sara a beira das lágrimas. Irritada consigo mesma e percebendo que estragou tudo, correu até ao quarto, bateu com a porta e saltou para cima da cama... sentia uma raiva imensa e só lhe apetecia descarrega-la. Centenas de lágrimas de raiva e ao mesmo tempo tristeza lhe vieram aos olhos. Sentia-se com grandes dores de cabeça, febre e os olhos a arder de tanto chorar... com tanta tristeza dentro de si, acabou por adormecer.
Eram nove da noite e cá em baixo, Louis e Bruna preparavam o jantar muito brincalhões como sempre.


Bruna - (preocupada) Ah pois é... a Sara?
Louis - Não sei, mas deve estar lá em cima.
Bruna - É capaz... vou ver dela, já venho.
Louis - Ok amor.


Bruna subiu até ao quarto de Sara e ligeiramente abriu a porta. Espreitou por entre o bocado que abriu e reparou que a irmã dormia que nem uma "pedra" portanto decidiu não incomoda-la. Voltou para baixo e foi jantar com Louis. Acabaram de jantar e foram ver televisão durante um bocado. Tocaram para as onze da noite e foram directos para a cama... vestiram o pijama e acabaram por adormecer os dois (juntos).


Olá directioners 
Aqui estamos com mais um novo capítulo!
Espero que tenham gostado e até ao próximo! xx.

Sem comentários:

Enviar um comentário