quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Capítulo 25 - "Saudades..."

Passou uma semana quase a correr... e umas relações iam melhores, enquanto outras iam de mal a pior. Harry e Sara continuavam chateados um com o outro. Numa manhã de segunda, Sara acordou quase incrédula com o facto de estar prestes a perder a única pessoa mais importante da sua vida. Levantou-se rapidamente, tomou duche e vestiu-se. Correu escadas a baixo e nada mais lhe interessou naquele momento.. correu para a primeira paragem de autocarros e apanhou um directo ao aeroporto. Chegou quase sem fôlego mas continuava a correr e a correr... foi ao check-in perguntar qual o próximo voo para França e seguiu caminho ao encontro de Harry. De repente avistou um rapaz... e reconheceu que era o "seu" rapaz! Chegou-se perto dele, já com lágrimas pela sua face e começou a cantar a música "Same Mistakes". 
Harry reconheceu a voz... voltou-se para trás e viu Sara. Mesmo disfarçando o óbvio, ele próprio também estava a chorar. Dirigiu-se a ela, agarrou-lhe nas mãos e acompanhou-a na canção. Acabaram de cantar e Harry agarrou-lhe imediatamente para a beijar. Toda a gente bateu palmas, mas naquele momento não se deram conta... olhavam-se nos olhos e a única coisa que ouviam era a respiração ofegante de cada um.


Harry - (com uma lágrima) Vieste...! 
Sara - (contente por ver Harry chorar) Estás a chorar?
Harry - (sorri-lhe) Sim e não tenho vergonha de admitir... isto é só uma das provas de que és tudo para mim e eu não te quero perder! Isto não é o fim, eu vou voltar e nós vamos continuar como sempre porque a minha única menina, és tu e só tu! Eu amo-te e se for preciso, repito quantas vezes tu quiseres só para te ver sorrir porque é o que eu mais gosto em ti... esse sorriso e a força que me dás para continuar a lutar cada dia! És a única na minha vida e eu não te troco por ninguém nem que seja francesa... és bem melhor que isso! Por isso eu peço-te que não te vás a baixo e que continues a transmitir essa força, e que acredites que isto vai resultar, mesmo ao longe ou ao perto. 
Sara - (comovida) Oh Harry, isso foi das coisas mais bonitas que eu já ouvi... tu és lindo, tanto por outro como por fora, és o meu menino e sempre o serás! Nunca te esqueças que te vou amar mais e mais a cada dia que passar! Estarei sempre do teu lado, és e sempre serás a coisa mais incrível que já me aconteceu...
Harry - És incrível... e agora para ser lamechas digo-te que o meu amor por ti não tem soma possível... porque as contas são infinitas!
Sara - (começa-se a rir) Só mesmo tu para me animares... amo-te, Harry!
Harry - (sorri-lhe e beija-a) Eu também!


Os dois estavam muito agarradinhos quando de repente, soou o toque para o voo para França...


Sara - (triste de novo) Tens de ir, não é?
Harry - (apercebeu-se e também ficou) Sim... prometo-te que te ligo todos os dias, tardes e noites!
Sara - (animou-se) Vou ficar sempre a espera... volta depressa!
Harry - (abraça-a) Eu prometo... 
Sara - (dá-lhe um beijo na testa) Até depois, amor.
Harry - (começando a chorar) Até... 
Sara - (entrega-lhe uma coisa) Toma, é um búzio que eu encontrei na praia quando nos conhecemos... a mim deu-me sorte e espero que te dê a ti também.
Harry - Amor... obrigado! Mas eu já tenho a maior sorte do mundo por te ter comigo...
Sara - Então já percebeste que a mim me deu sorte nesse sentido...
Harry - (sorri-lhe) Adeus...
Sara - Adeus...


Sara e Harry separaram-se... Harry começou a caminhar em direcção a porta de saída mas Sara interrompeu-o.


Sara - Harry!
Harry - (virando-se para trás) Sim?
Sara - AMO-TE!


Harry retribuiu-lhe com um sorriso, o que bastou para Sara. Começou a ficar cada vez mais longe então Sara decidiu voltar para casa e continuar a desfrutar das suas férias de verão intermináveis. Chegou a casa, almoçou e foi directa para a piscina bronzear-se. 
Louis e Bruna já tinham saído para o parque ali perto, dar uma volta... andavam de mãos dadas muito divertidos quando avistaram um carrinho de gelados e Louis resolveu comprar um para os dois.


Louis - (com cara de guloso) Chocolate?
Bruna - Claro!
Louis - (agarra-a pela cintura) Então e o que vamos fazer a seguir?
Bruna - (com os braços de volta do pescoço) Estava a pensar uma volta pela praia, que tal?
Louis - Parece-me bem... vamos!


Agarraram no gelado e foram até a praia. Descalçaram-se e Louis pegou Bruna ao colo, "ameaçando-a" de manda-la a água.


Bruna - (enquanto se ria, dizia) Nãooo! Amor, não!
Louis - Só os pés, pode ser? 
Bruna - Ok, pode...
Louis - (pousa-a e de seguida empurra-a) Nunca confies no que eu te digo!
Bruna - (rindo-se) Louis!
Louis - (rindo-se dela) Diz, pumpkin? 
Bruna - És feio, Boo Bear!


Louis e Bruna brincavam um com o outro na praia quando de repente apareceu ...

QUEM ?
Olá directioners
Aqui está mais um novo capítulo!
Espero que gostem e até amanhã! xx.

Sem comentários:

Enviar um comentário