sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Capítulo 69 - ' A carta '

Depois de um belo serão todos juntos chegou a hora de irem para casa.

(Sara)

Sara : Bem meninos vou para casa, Bruna vens?
Bruna : Sim sim Sara.
Harry : (Fazendo cara triste) Não vens lá dormir amor?
Sara : Anda cá. – Harry chegou-se ao pé de mim. – Amor eu quero ir para casa para falar com a Inês, o Niall hoje não estava nada bem notava-se perfeitamente, e eu vou falar com ela para ver o que se passou.
Harry: Está bem amor, eu e a minha irmã levamos-vos.
Sara : Está bem amor obrigada!

Quando eu e a Bruna chegamos a casa dirigimo-nos ao quarto onde Inês estava, mas esta já estava a dormir, e achámos melhor não a acordar, pois amanhã também era dia. Fomos nos deitar e acabámos por adormecer rapidamente, foi um dia cansativo. No dia seguinte acordamos um pouco tarde, fomo-nos vestir e de seguimos para a cozinha para tomar o pequeno-almoço. Quando lá chegamos vimos 3 cartas em cima do balcão, uma dizia ‘ Niall ‘ outra ‘ Sara e Bruna ‘ e a outra ‘ todos ‘, nós abrimos a que dizia o nosso nome e a Bruna começou a ler.

Bruna : Então começa assim ‘Queridas amigas, primeiro que tudo queria agradecer-vos a maneira como me receberam todas estas vezes, obrigada por tudo mesmo. A minha vida deu uma reviravolta enorme, eu não dei conta que estava a cometer um erro, mas também como se diz é com os erros que se aprender a viver, e eu com este aprendi muito, quero pedir desculpas a vocês se alguma vez fiz coisas que não gostaram. Vou hoje para França para casa de uns tios, provavelmente quando estiverem a ler esta carta eu já estarei dentro do avião á procura de um lugar para pensar. Queria-vos pedir uma ultima coisa, a carta que diz ‘ Niall ‘ entreguem-na a ela, e digam que é mesmo só para ele ler, mas se quiser lê logo para todos, e a outra que diz ‘ todos ‘ uma de vocês que lei para eles. Agradeço se o fizerem. Beijinhos da vossa amiga que gosta muito de vocês ‘.

Quando a Bruna acabou de ler a carta já nos escorriam lágrimas no rosto, a Inês era como uma irmã para nós. Ligamos de imediato a todos para irem ter a nossa casa, o Niall recusou em princípio porque pensava que a Inês lá estava mas eu disse-lhe que ela não estava e ele lá aceitou. Quando chegaram todos a nossa casa, pedi para todos se sentarem, que lhes queria ler uma coisa, acharam todos um pouco estranho, mas lá ouviram com a maior das atenções.

Sara : Começa assim ‘ Meu queridos, isto não é um adeus é um até já. Vou ter que me ir embora e provavelmente só volte quando a minha mão precisar de ir ai. Queria agradecer-vos a forma como me receberam, queria agradecer ao Louis o gosto que ele me meteu por cenouras, ao Harry e ao Liam o saber ultrapassar problemas sempre de cabeça levantada, ao Zayn a força que temos que ter para viver, e ao Niall quero agradecer a forma como me tratou durante este tempo … Ás meninas agradeço tudo e mais alguma coisa. Passei um verão mais que brutal ao vosso lado, agora vá portem-se bem e milhões de beijinhos. Meninas bons estudos, Irina boa sorte com a carreira de modelo e One Direction boa sorte, vocês são perfeitos! Gosto muito de vocês todos, beijinhos ,Inês ‘.

Foi difícil ver algum deles sem uma lágrima nos olhos e em alguns já lhes caiam pelo rosto, principalmente as meninas.

Bruna : Niall ela também deixou uma para ti, disse para leres só tu ou se quiseres em frente de todos nós.
Niall : Vou ler aqui em frente a vocês!
Louis : Tens a certeza?
Niall : Sim!
Zayn : Isso é uma coisa tua e dela Niall.
Niall : Vamos ver ‘ A ti te devo um grande pedido de desculpas, aliás devia pedir-te desculpas até ao fim da minha vida. O que eu te fiz não se faz a ninguém, e tu não sabes de tudo, sim é verdade eu trai-te mas aconteceu sem eu mesma dar conta. (Quando Niall leu esta parte, todos ficaram surpreendidos pela negativa) Ainda sou uma menina e não sei o que é amar de verdade. Eu beijei um rapaz quando namorávamos, a Irina viu e não te contou não fiques chateado com ela pois ela só quis o teu bem, a partir dai deixei de estar com ele, só que depois rebentei, vi que o amava mais a ele do que a ti, mas acabei por deixar o dois. Ontem no supermercado o que viste foi eu a despedir-me dele. Ah em relação ao nosso encontro de hoje á tarde, desculpa mas não ia conseguir enfrentar-te. Foste bastante importante para mim e nunca penses que quis brincar com os teus sentimentos, porque isso nunca aconteceu, eu amava-te! Segue a tua vida tu és forte e tens uma grande carreira pela frente, força nisso comilão! Beijinhos grandes, gosto mesmo muito de ti Niall Horan! ‘

Quando o Niall acabou de ler aquilo não conseguia parar de chorar, os rapazes foram ter com ele e o primeiro que lhe aparecer a frente foi Liam , o Niall agarrou-se a ele e chorou sem parar durante algum tempo , enquanto os outros lhe diziam algumas palavras para o acalmar . Nós raparigas também estávamos mal, nunca pensamos que ela fosse capaz de fazer tal coisa.

Bruna : Eu ainda não acredito nisto!
Rita : Pois, acho que nem tu nem ninguém, ela não parecia nada assim.
Sara : Pois não, e eu e a Bruna que o digamos.
Irina : Coitado do Niall, tenho tanta pena, ele ama-a mesmo!
Jéssica : Pois ama, mas esse verbo tem que mudar, e passar a ser, amava.
Rita : Uau prima, andas boa no português.
Jéssica : Oh deixa de ser tonta, bem agora temos que apoiar o Niall ao máximo!

Passamos a manhã todos na sala a falar, pouco, e a tentar animar o Niall.


É um capitulo um pouco triste , mas se não fosse vários os sentimentos , não havia história , espero que gostem , talvez daqui a nada publiquemos mais um , beijinhos (:

2 comentários:

  1. adorei imenso, apesar de ser triste, mas por vezes tem que haver capítulos assim :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obg filipa , é mesmo assim a historia tem de ter alguns tristes :)

      Eliminar